Este site usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao utilizar o nosso site você concorda com todos os cookies de acordo com nossa Política de cookies/privacidade. Concordo
Trabalho

Visto de trabalho sairá mais rápido na Irlanda

postou em 26 ago 2016

O Departamento de Empregos e Inovação irlandês (DJEI) fez um anúncio que promete facilitar bastante a vida de quem vai aplicar para visto de trabalho no país e também beneficiar os empregadores de mão de obra estrangeira. De acordo com o órgão, a partir do início de setembro todo o procedimento será realizado online, por meio de um sistema chamado de Employment Permits Online System (EPOS).

visa application

Foto: Shutterstock

O objetivo é aposentar os formulários de papel e deixar o processo bem mais rápido e conveniente, já que pelo sistema será possível preencher o formulário online, esclarecer dúvidas sobre campos mandatórios, fazer upload de documentos, etc. A novidade também inclui a possibilidade de pagamento da taxa pela internet, quando aplicável, que poderá ser feita por meio de cartão de crédito ou débito.

Como atualmente esse sistema está em fase final de implantação, o DJEI publicou em seu website uma nota solicitando às pessoas que aguardem algumas semanas para darem andamento à sua solicitação de visto. O texto destaca que essas inscrições poderão ser realizadas online a partir do início de setembro, sendo muito mais simples e ágeis. Vale destacar que apresar da promessa de rapidez, ainda não há informações de até quanto tempo o processo de visto pode ser reduzido.

Segundo o Expert Group on Future Skills Needs, órgão que orienta o governo sobre as necessidades do mercado de trabalho, a Irlanda está vivendo um momento em que a mão de obra nacional nem sempre corresponde à necessária. É justamente por esse motivo que algumas empresas acabam tendo que buscar profissionais de outros países para suprirem a demanda do mercado. Ainda de acordo com a instituição, mais uma vez as áreas promissoras na Irlanda são TI, engenharia, além da busca por profissionais ultra qualificados na área de construção civil.

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

Novas áreas elegíveis ao visto de trabalho

O DJEI também anunciou há algumas semanas a inclusão de quatro novas profissões na lista de carreiras elegíveis para o visto de trabalho irlandês, chamada de Critical Skills Employment Permit. Portanto, a partir de agora, paramédicos, fisiologistas respiratórios, consultores de impostos especializados no sistema fora da Europa e contadores de corporações multinacionais em serviços de auditoria global também poderão aplicar para o Employment Permit. A lista completa pode ser acessada aqui.

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

Mas as mudanças não param por aí, já que também foram realizadas alterações na lista de carreiras inelegíveis ao visto. Nesse caso, advogados fluentes em um idioma oficial de país fora da União Europeia e chefs especializados em culinária não-europeia foram removidos da lista. Isso significa que a partir de agora profissionais dessas áreas podem aplicar para o visto de trabalho desde que atendam os demais requisitos para isso.

E se você está em dúvida se a sua área de atuação é ou não elegível ao visto de trabalho na Irlanda, vale ficar atento ao site do DJEI, já que alterações são realizadas o tempo todo, seguindo sempre as demandas do mercado nacional.

Revisado por Tarcísio Junior
Imagens via Shutterstock
Encontrou algum erro ou quer nos comunicar uma informação?
Envie uma mensagem para jornalismo@e-dublin.com.br

Sobre o Autor


Elizabeth Gonçalves é jornalista viciada em cinema, música e literatura. Paulistana, se apaixonou por Dublin, onde mora há mais de um ano e sonha em fazer uma viagem de volta ao mundo.

Veja todos meus outros Posts

Orçamento Fácil

Preencha um formulário e receba orçamento de escolas e agências

Comece agora

Recentes e populares

Trabalho

Impostos trabalhistas na Irlanda: 12a, P45 e P60

4 semanas atrás, por Ávany França
Trabalho

5 Dicas para não entrar em pânico ao procurar emprego

2 meses atrás, por Colaborador E-Dublin
Reflexões

Intercâmbio aos 50. Embarque nessa ideia

2 meses atrás, por Edu Giansante
Trabalho

Estágio não remunerado na Irlanda

2 meses atrás, por Colaborador E-Dublin